Ministério da Saúde tem desenvolvido vários programas para dar respostas à situação de saúde das crianças e adolescentes – Evandro Monteiro


Download logo

Na sua Intervenção, durante o Parlamento Infantojuvenil Nacional, que decorreu na cidade da Praia, de 18 a 20 de novembro, o Secretário de Estado Adjunto da Ministra da Saúde, Evandro Monteiro, disse que o Governo, através do Ministério da Saúde tem estado a trabalhar, afincadamente, para a promoção da saúde das crianças e adolescentes, com vários programas criados e desenvolvidos especificamente.

“Estamos cientes que a adolescência, sendo um momento único na vida de qualquer ser humano, com potencial de moldar as pessoas para a vida adulta, deverá haver uma atenção especial, por forma a garantir que promovamos o bem-estar psicológico e protegermos as nossas crianças e adolescentes de experiências adversas e fatores de risco que possam afetar seu potencial de prosperar”, observou.

Segundo o Secretário de Estado, a Direção Nacional da Saúde tem implementado vários programas com atenção para esta faixa etária, nomeadamente com objectivos específicos, através do Programa Nacional de Saúde Infantil; o Programa da Saúde do Adolescente e o Programa Nacional de Nutrição e Escolas Promotoras de Saúde, que também intervêm na área da saúde mental, do ponto de vista da saúde integral e ao longo do ciclo de vida.

No que se refere à área da saúde mental, reforçou que, em termos das infraestruturas em saúde, para além do acesso às consultas e acompanhamentos específicos para as áreas da psiquiatria, psicologia e assistência social, a rede de atenção primária conta atualmente com salas específicas para o atendimento aos adolescentes, salas essas criadas para e com os adolescentes e que pretendem promover a saúde junto desta população, enquanto aproxima ainda mais os serviços de saúde às comunidades abrangentes.

Evandro Monteiro acrescentou, ainda, que dado à complexidade na abordagem dos principais problemas de saúde mental, mais concretos em áreas de maior relevância, como a depressão e o suicídio, o Ministério da Saúde e o Sistema Nacional de Saúde (SNS), vem desenvolvendo programas específicos ligados à saúde mental e, especificamente, à saúde integral. Citou como exemplo o mais recente Plano Estratégico, elaborado para o horizonte 2021-2025, que orienta as políticas, as estratégias e as intervenções a serem realizadas no âmbito da saúde mental em Cabo Verde.

O Parlamento Infantojuvenil tem sido promovido pelo Ministério da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social, através do Instituto Cabo-verdiano da Criança e do Adolescente (ICCA), o Ministério da Educação, através da Direção Nacional de Educação, a Assembleia Nacional, a UNICEF/Cabo Verde, as Aldeias Infantis SOS, entre outros parceiros.

Distribuído pelo Grupo APO para Governo de Cabo Verde.

African Boulevard Africain traz para você manchetes de notícias diárias que cobrem a África Oriental, a África Ocidental, a África Austral, a África do Norte e a África Central. Também trazemos notícias e informações sobre a Diáspora Africana nos EUA, a Diáspora Africana no Canadá, a Diáspora Africana no Reino Unido, França, Alemanha, o resto da Europa e Ásia.

This post was originally published on this site

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *