Fernando Elísio preside abertura da conversa aberta “O Desporto Mudou a Minha Vida”


Download logo

Enquadrado nas comemorações do Dia do Desporto Cabo-verdiano, celebrado anualmente em todo o país, no segundo domingo do mês de novembro, o Ministro do Estado, da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social, Fernando Elísio, presidiu, hoje, 22 de novembro, a abertura da conversa aberta subordinada ao tema “O Desporto mudou a minha vida”, promovido pelo Instituto do Desporto e da Juventude, em parceria com a UNICV/FAED.

Este encontro, que juntou diversas personalidades do desporto nacional, visa partilhar histórias de vida do desporto nacional como catalisador da transformação social e analisar como é que esta prática teve impacto positivo na vida de muitos atletas cabo-verdianos. Para Fernando Elísio, “O Desporto Mudou a Minha Vida” é um bom tema de conversa, mas, acima de tudo, é a marcação de uma posição de que o Desporto pode se desenvolver como uma profissão e um modo de vida.

Para isso, de acordo com o Ministro, é preciso continuar a ver para o Desporto, por um lado, como um fator de transmissão de valores, como atividade física, e por outro como um ativo económico para a promoção de Cabo Verde e afirmação deste arquipélago a nível mundial.

“Temos que continuar a desenvolver a nossa Lei de base de atividade física e do Desporto, materializar todas as questões que estão plasmadas, desenvolver de forma clara uma política de promoção de atividade física em toda a nossa população, criar todas as condições para que todos possam praticar o Desporto”, afirma o Ministro, admitindo que é responsabilidade do Governo continuar a fazer a legislação que permita o desenvolvimento do Desporto em todas as localidades, a infraestruturação do país e desenvolver o desporto escolar e universitário.

Por outro lado, segundo diz, deve-se também continuar a levar o Desporto para onde estão todos os jovens, criar condições de base para que todos, incluindo as pessoas com deficiência possam ter acesso ao Desporto e depois criar mecanismos de financiamento do desporto.

“No próximo ano, vamos mexer na taxa do álcool e do tabaco para que uma parte significativa possa ser consignada para o Desporto e desenvolvermos políticas de infraestruturação desportiva. É preciso, sobretudo, criar maior envolvência da sociedade e das empresas no financiamento das atividades desportivas”, adianta o Ministro.

Fernando Elísio lembra que o Desporto é tão importante como o setor do Turismo, a Indústria e qualquer outra atividade e que, por isso, o país deve continuar a olhar para o Desporto com muito carinho, amor, mas com seriedade e fazer com que possa contribuir para o desenvolvimento individual de cada um e do nosso país.

Distribuído pelo Grupo APO para Governo de Cabo Verde.

African Boulevard Africain traz para você manchetes de notícias diárias que cobrem a África Oriental, a África Ocidental, a África Austral, a África do Norte e a África Central. Também trazemos notícias e informações sobre a Diáspora Africana nos EUA, a Diáspora Africana no Canadá, a Diáspora Africana no Reino Unido, França, Alemanha, o resto da Europa e Ásia.

This post was originally published on this site

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *