Estrada Nacional (EN)100: Governo disponibiliza verbas para reabilitação e duplicação do troço Cabolombo/Barra do Kwanza


Download logo

O Governo vai disponibilizar mais de 180 milhões de dólares para a reabilitação e duplicação do troço Cabolombo/Barra do Kwanza, na Estrada Nacional (EN)100, devido à sua importância estratégica, económica e social para os grandes centros populacionais e produtivos. 

A reabilitação e duplicação do troço, com uma extensão de 55,5 quilómetros, tem como objectivo aliviar a circulação rodoviária naquela  estrada, localizada na província de Luanda, condicionada em alguns sub-troços, como consequência  da explosão demográfica e do comércio local, de acordo com o Despacho Presidencial 5/23, de 19 de Janeiro. 

Para a sua execução, o Presidente da República, João Lourenço, autorizou a despesa e formalização da abertura de um procedimento de contratação simplificada para a celebração de contratos, no valor global, em dólar, de 189.889.575,73 (cento e oitenta e nove milhões, oitocentos e oitenta e nove mil, quinhentos e setenta e cinco dólares e setenta e três cêntimos). 

A obra tem garantia de um financiamento externo por intermédio de uma entidade privada parceira do Estado angolano. 

Além desta empreitada, também serão adquiridos serviços de fiscalização para a obra, no valor, em kwanza, de 2.342.401.848,77 (dois mil, trezentos e quarenta e dois milhões, quatrocentos e um mil, oitocentos e quarenta e oito kwanzas e setenta e sete cêntimos). 

Para o Executivo, este é um passo importante para melhorar a infra-estrutura rodoviária do país e aumentar a eficiência do tráfego rodoviário, beneficiando não só os moradores locais, mas também a economia.

Distribuído pelo Grupo APO para Governo de Angola.

African Boulevard Africain traz para você manchetes de notícias diárias que cobrem a África Oriental, a África Ocidental, a África Austral, a África do Norte e a África Central. Também trazemos notícias e informações sobre a Diáspora Africana nos EUA, a Diáspora Africana no Canadá, a Diáspora Africana no Reino Unido, França, Alemanha, o resto da Europa e Ásia.

This post was originally published on this site

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *