Em Marrocos, Fórum Global promove diálogo interreligioso, paz e solidariedade


Download logo

Evento na cidade de Fez conta com a presença do secretário-geral da ONU, António Guterres, e do alto representante para a Aliança das Civilizações das Nações Unidas, Miguel Ángel Moratinos; ex-presidente da Assembleia Geral, María Fernanda Espinosa, integrará mesa redonda sobre papel de mulheres na paz e multilateralismo.

Marrocos abriga a partir desta terça-feira o Nono Fórum Global da Aliança das Civilizações das Nações Unidas. Este ano, o tema é “Em Direção a uma Aliança de Paz: Vivendo Juntos como só uma Humanidade”.

O evento, de dois dias, na histórica cidade de Fez, debate a importância do diálogo interreligioso e da urgência de se encontrar caminhos que levem à paz, à unidade e à solidariedade. Tudo isso baseado em respeito mútuo, dignidade e compaixão.

Questionamentos fundamentais

O secretário-geral da ONU, António Guterres, informou que participará do Fórum no Marrocos, onde já tem reuniões marcadas com autoridades do país.

Em entrevista à ONU News, o alto representante da Aliança das Civilizações, Miguel Ángel Moratinos, afirmou que muitas das respostas para as crises de hoje estão em questões sobre fundamentos da própria vida.

Para Moratinos, as pessoas ainda se perguntam o papel da religião, da espiritualidade, e da ética. Segundo ele, preocupações com crises econômico-financeiras, mudanças climáticas e como se salvar o planeta estão ligadas a questões como origem, identidade, e a cooperação de líderes de várias religiões ajuda muito com mensagens de respeito e tolerância.

A decisão de realizar o Nono Fórum Global da Aliança das Civilizações no Marrocos foi anunciada pelo ministro das Relações Exteriores do país, Nasser Bourita, e por Miguel Ángel Moratinos após um convite do rei Mohammed VI.

Desafios globais e discurso de ódio

A cidade de Fez foi escolhida por seu simbolismo ancestral para o evento que deve discutir desafios globais como extremismo violento, terrorismo, xenofobia, discurso de ódio e discriminação entre outros tópicos.

O papel da mulher na construção da paz nesses contextos e o multilateralismo será tema de uma mesa redonda da qual deve participar entre outros convidados, a ex-presidente da Assembleia Geral da ONU, María Fernanda Espinosa.

Para o alto representante da Aliança, é preciso enfatizar uma forma de multilateralismo que possa unir todos pela paz, pelo entendimento e pela solidariedade.

O Nono Fórum Global da Aliança das Civilizações está investindo ainda na participação dos jovens para mudar a narrativa do ódio especialmente nas redes sociais.

Distribuído pelo Grupo APO para UN News.

African Boulevard Africain traz para você manchetes de notícias diárias que cobrem a África Oriental, a África Ocidental, a África Austral, a África do Norte e a África Central. Também trazemos notícias e informações sobre a Diáspora Africana nos EUA, a Diáspora Africana no Canadá, a Diáspora Africana no Reino Unido, França, Alemanha, o resto da Europa e Ásia.

This post was originally published on this site

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *