All Africa Music Awards (AFRIMA) Divulga a Lista dos Nomeados Pela Edição de 2022

O Comitê Executivo Internacional do All Africa Music Awards (AFRIMA) (www.AFRIMA.org), em conjunto com a Comissão da União Africana (AUC), divulgou, na quarta-feira, a lista oficial dos nomeados pela edição de 2022.

Baixe o documento 1: https://bit.ly/3UrlFBH
Baixe o documento 2: https://bit.ly/3BxWapB
Baixe o documento 3: https://bit.ly/3Lw03Qw

Somadas de inscrições total de 9.067 – a maior já registrada pelos prêmios desde sua criação – um total de 382 indicações foram feitas em 39 categorias, representando todas as cinco regiões da África, bem como na diáspora. Lembre-se que o júri da AFRIMA, composto por um painel de 12 membros especialistas em música, bem como o AUC, realizou um adjudicação de 10 dias em julho, para delibrar sobre o melhor das entradas para compor a lista.

Mais importante, somente as inscrições dentro do prazo de validade de 20 de agosto de 2021 a 5 de agosto de 2022, foram consideradas para a indicação da premiação deste ano.

Liderando as nomeações em base regional este ano está a região da África Ocidental com a nomeação de 134 que representa 35%; enquanto África Oriental segue perto com 69 nomeações, representando 18%; a região sul-africana corre de perto com 68 nomeação, representando 17,8%, enquanto a África Central puxa seu peso com 52 nomeações, representando 13,6%; enquanto a região norte – africana segue de perto com 49 nomeações, representando 12,8%.

Além disso, a região musical global, que representa a música de nãoafricanos na diáspora que ainda contribuem para o crescimento da região africana, soma a lista com 10 indicações, representando 2,6%.

Dominando a lista com mais indicações, este ano, está o maverick sul-africano, Costa Titch, com seis indicações para seu sucesso de 2021, Big Flexa, em “Canção do Ano”; “Breakout Artist of the Year”; “Melhor Colaboração Africana”: “Melhor Artista, Duo ou Grupo em Eletro Africano”; e “Melhor Artista, Duo ou Grupo em Uso da Dança Africana/Coreografia”.

Interessantemente, o maestro congolês, Dadju, também empata com seis indicações, também, em “Melhor Homem da África Central”; “Artiste do Ano”; “Melhor Ato Africano na Diáspora”; e “Melhor Trilha Sonora em Filme, Série ou Documentário”.

Mais uma vez, empatando com cinco nomeações, também, está o Disc Jockey argelino e produtor musical, em “Melhor Artista Masculino no Norte da África”; “Canção do Ano”; “Melhor DJ africano”; “Melhor Ato Africano na diáspora”; e “Melhor Artista, Duo ou Grupo em Eletro Africano”.

Além disso, o terceiro maior ranking é outro cantor argelino, Soolking, com cinco indicações em “Melhor Artista Masculino no Norte da África”; “Canção do Ano”; “Álbum do Ano”; “Melhor Vídeo”; e “Melhor Ato Africano na Diáspora”.

Por fim. Fechado o empate dos artistas com a terceira maior nomeação está o rapper egípcio e produtor musical, Wegz, com cinco indicações em “Melhor Artista Masculino no Norte da África”; “Canção do Ano”; “Produtor do Ano”; “Artista de Ano”; e “Melhor Artista, Duo ou Grupo na África Contemporânea”.

Outros artistas com quatro nomeações são os mavericks nigerianos, Burna Boy em “Melhor Artista Masculino na África Ocidental”; “Canção do Ano”; “Álbum do Ano”; e “Artiste of the year”); Fireboy em “Melhor Artista Masculino na África Ocidental”; “Canção do Ano”; “Produtor do Ano”; “Artista do Ano”; e “Melhor Colaboração Africana”; Kizz Daniel em “Melhor Artista Masculino na África Ocidnetal”; “Canção do Ano”; “Artista do Ano”; “Melhor Colaboração Africana”; e “Melhor Artista, Duo ou Grupo no Pop Africano”; e Tiwa Savage em “Melhor Artista Feminina na África Ocidental”; “Artista do Ano”; “Melhor Colaboração Africana”; e “Melhor Artista, Duo ou Grupo em RnB/Soul Africano”.

Os outros astros africanos com quatro indicações são Zakes Bantwini (África do Sul) em “Melhor Artista Masculino na África Austral”; “Melhor DJ africano”; “Artista do Ano”; e “Melhor Artista, Duo ou Grupo em Eletro Africano”; e “Marwan Moussa (Egito) em “Melhor Artista Masculino no Norte da África”; “Melhor Rapper/Letrista Africano”; “Breakout Artist of the Year”; e “Melhor Artista, Duo ou Grupo em Hip Hop Africano”; e Nomfundo Moh (África do Sul) em “Melhor Artista Feminina na África Austral”; “Álbum do Ano”; “Breakout Artiste of the Year”; e “Melhor Artista, Duo ou Grupo em RnB/Sul Africano”.

É interessante, artistas que foram reconhecidos entre os “Mais Promissores” no ano passado, cujas nomeações atuais indicam que um crescimento significativo em suas artes respectivas incluem: Ckay (Nigéria) em “Produtor do Ano”; “Artista do Ano”; e “Melhor Artista, Duo ou Grupo no Pop Africano”; Ruger (Nigéria) em “Melhor Artista Masculino no Norte da África e “Breakout Artiste of the Year”

Comentando sobre a lista de nomeações, o membro de júri da AFRIMA representando a região Sudeste de África, Adam Tiran, disse: “A grande variedade de música de todo o continente que nós consideramos na adjudicação da AFRIMA, para os prêmios deste ano, é magnífico. É realmente muito encorajante ver tantas superestrelas africanas na lista, assim como outras estrelas próximas que tiveram um ano incrível e, finalmente, muitas novas descobertas musicais. O futuro é brilhante para o continente!

É muito importante ressaltar que o portal de votação pública para a edição 2022 da AFRIMA será ao vivo no domingo, 25 de setembro de 2022, às 12:00 pm CAT. Os amantes da música africana dentro do continente, e em todo o mundo podem visitar o site oficial www.AFRIMA.org votar.

A votação termina às 12h (CAT), 10 de dezembro de 2022, antes da cerimônia de premiação principal da AFRIMA.

“A lista de indicados inclui 29 categorias de prêmios continentais e 10 categorias de prêmios regionais divulgadas para votação pública na www.AFRIMA.org. A categoria restante do “Legend Award” será anunciada na premiação. Além disso, trouxemos de volta a categoria “Melhor Trilha Sonora em Filme, Série ou Documentário”, este ano, devido à disponibilidade de inscrições de qualidade para a edição deste ano. Lembre-se que tivemos que suspendê-lo, no ano passado, devido à falta de entradas de qualidade.

“No geral, estamos muito orgulhosos e confiantes em nosso trabalho, e continuaremos a intensificar nossos esforços para garantir que a AFRIMA continue sendo o reconhecimento final da música africana globalmente em consonância com sua visão”, disse a chefe de cultura da comissão da União Africana sobre o Jurí, Angela Martins.

Enquanto, o All Africa Music Awards de 2022 será realizado entre os dias 8 e 11 de dezembro de 2022. Um anúncio especial será feito no país sede e local para a premiação, 30 de setembro de 2022.

A cerimônia de premiação da AFRIMA contará com uma festa de 4 dias de música, brilho e glamour com o objetivo de celebrar a África, reconhecer talentos e expandir as fronteiras econômicas da cultura e da indústria criativa no continente.

Os amantes da música africana podem participar dos eventos nas redes sociais, transmissão ao vivo no site da AFRIMA em www.AFRIMA.org e visitar as plataformas de mídia social (instagram/Facebook – Afrima.official; Twitter – Afrimawards), e eles podem assistir à cobertura do evento sintonizando seus provedores locais e de TV a cabo.

Em parceria com a comissão da União Africana, a AFRIMA é uma plataforma musical focada na juventude que reconhece e recompensa o trabalho e os talentos dos artistas africanos através de gerações.

A AFRIMA estimula principalmente conversas entre os africanos, e também o resto do mundo, especialmente sobre o potencial das artes criativas para fomentar empreendimentos humanos reais, além de contribuir significativamente para a coesão social, bem como o desenvolvimento sustentável na África.

O programa de 4 eventos está em consonância com a Agenda UA 2063, que descreve a Aspiração 05 como o desenvolvimento do setor de artes e cultura, incluindo suas indústrias culturais e criativas, para impulsionar o desenvolvimento da economia africana.

Distribuído pelo Grupo APO para All Africa Music Awards (AFRIMA).

Baixe mais imagens: https://bit.ly/3DL0CEb

Media files
All Africa Music Awards (AFRIMA)
Download logo

African Boulevard Africain traz para você manchetes de notícias diárias que cobrem a África Oriental, a África Ocidental, a África Austral, a África do Norte e a África Central. Também trazemos notícias e informações sobre a Diáspora Africana nos EUA, a Diáspora Africana no Canadá, a Diáspora Africana no Reino Unido, França, Alemanha, o resto da Europa e Ásia.

This post was originally published on this site

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.